Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Diário da Pinkinha

“Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim”

O Diário da Pinkinha

“Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim”

Adega das Gravatas, a voltar certamente!

20160625_133257.jpg

 

  Foto Diário da Pinkinha

Quando tentamos escolher um restaurante diferente para um almoço especial de família, nem sempre é fácil.

 

Se começamos pelo TripAdvisor, as surpresas podem ser imensas, ora estamos a ver um restaurante em que alguns dizem que foi inesquecível, e de repente, no mesmo restaurante, encontramos criticas como "foi uma experiencia para não repetir", e quando queremos levar os velhotes que já quase não saem de casa, realmente não queremos ter surpresas.

A Adega das Gravatas foi um dos restaurantes em que as criticas realmente boas superam e muito as más, ou seja, num universo de  312 criticas, 12 pessoas tiveram azar, acontece.

Excelente 109  /  Muito bom 160  /  Razoável 31 /  Ruim 4 / Horrível  8

 

 Pois bem, este foi o restaurante escolhido, a Adega das Gravatas e a opinião não podia ser a melhor.

Fizemos reserva, algo obrigatório mesmo, pois chegámos ás 13h e as salas já estavam cheias. Apesar de estarem cheios, há também muitos funcionários, nunca tivemos de esperar muito por nada, havia sempre um funcionário de volta da nossa mesa e da mesa do lado.

E foi também o funcionário que nos avisou, e bem, que a maioria das doses são para 2 pessoas, porque senão tínhamos de lá saído com comer para vários dias, agradecemos a indicação e aproveitámos.

 

A ementa é bastante variada, existem inúmeras hipóteses, desde peixe a carne, para grupos grandes realmente conseguem agradar a todos. Os preços há variados, depois há aqueles mais caros, mas que como são para 2 pessoas acaba por compensar, depois paga-se claro conforme o que se come, mais ou menos.

A comida veio toda muito saborosa, as doses realmente grandes, o ambiente muito agradável, o serviço muito pronto, um almoço de família com boa comida, num local diferente e pitoresco como realmente pretendíamos.

Posso realmente dizer que recomendo e irei voltar.

  

20160625_130139 (1).jpg

  Foto Diário da Pinkinha

 

 História do restaurante: 

Situada na Quinta do Pinheiro, abre em 1908, como carvoaria e tasca.

Na mão do fundador, Sr. Manuel Araújo, começa a servir petiscos em 1940.

A pedido, os clientes começam a deixar a gravata autografada: "Ao entrares nesta casa deixa aqui a tua gravata. O vinho que se bebe aqui faz a vida mais barata." - Contando agora mais de 3.100 gravatas. 

Em 1940 servia-se petiscos e vendia-se o vinho produzido pelo proprietário. (Vinho Verde de Ponte de Lima). 

Todo o ano havia Sardinha Assada e a famosa "Entremeada à Lambada".

Em 1965 começa a fazer refeições por encomenda. Começa a sair nos jornais e revistas

Em 1997 é vendida à actual gerência, tendo sido toda remodelada em 2002 com a actual decoração.

Sendo um espaço agradável, proporciona festas de grupos, tertúlias e muito mais. Visite-nos e saboreie as nossas iguarias acompanhadas pelo famoso vinho da região de Aveiras.

 
/>

TripAdvisor-logo-3.jpg 

 

Follow me on Blogarama

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Mensagens

Calendário

Julho 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31