Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Diário da Pinkinha

“Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim”

O Diário da Pinkinha

“Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim”

31
Jan08

Portugal a dentro...

Pinkinha

Portugal, um país á beira mar plantado. Terra de pessoas hospitaleiras, que recebem bem quem por cá vem, terra de grandes costumes gastronómicos, bom peixe, excelentes pratos de bacalhau, sol, mar, praias extensas, monumentos, castelos, onde podemos encontrar um pouco da nossa história onde quer que vamos.

 

Portugal, é um país situado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. É a nação mais ocidental do continente europeu. O território português é delimitado a Norte e a Leste por Espanha e a Sul e Oeste pelo Oceano Atlântico, e compreende a parte continental e as regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal tem uma história muito rica,  e por isso existem vestígios portugueses em várias partes do mundo. 

 


Portugal já foi palco de alguns eventos internacionais, nomeadamente o Euro 2004, que foi considerado pela UEFA como o melhor e mais bem organizado Europeu de Futebol de sempre, e a Expo 98 ou Exposição Mundial de 1998, cujo tema foi "Os oceanos: um património para o futuro".

 


Portugal por ser um país pequeno, com uma área total de 92.391 km², consegue-se "facilmente" visitar, ao ponto de agora estarmos nas lindas e verdes terras do Gerês ( Norte de Portugal ) e daqui a 4 horas, estarmos numa das belas praias do Algarve (Sul de Portugal), isto a nível de Portugal Continental claro, sem contar com as nossas belas ilhas, Açores e Madeira.

 

Começando a Norte, encontramos paisagens verdes e calmas, a bela Serra do Gerês e o Parque Nacional da Peneda-Gerês, terras de tradições, Viana do Castelo, Braga. Começando a descer, temos a cidade do Porto, a segunda maior cidade portuguesa, que já foi Capital Europeia da Cultura em 2001. O Porto tem como pontos obrigatórios de visita a Fundação de Serralves, a Casa da Música, a Torre dos Clérigos,  a Sé, o Teatro Nacional São João, os Jardins do Palácio de Cristal e toda a zona do centro histórico,  assim como as belas paisagens vitivinícolas do Rio Douro.

 

Continuando a descer, e em direcção ao interior, encontramos a Serra da Estrela, maior serra de Portugal com 1993 metros e onde se encontra uma única situa a única estância de esqui de Portugal. Aqui encontramos também o famoso queijo da Serra que faz o deleite de muitos apreciadores. Ainda no centro e nas beiras, temos aldeias histórias, como Marialva, Piodão, Castelo Mendo, recantos perdidos em serras onde a civilização ainda pouco avançou.

 

No centro do país, temos a cidade Coimbra e a sua Universidade, uma das mais antigas e prestigiadas universidades da Europa, conhecida também como a cidade dos estudantes. Temos também Fátima, com o santuário de Fátima, local de extrema importância para os devotos da religião católica.

 
Já mais perto de Lisboa, encontramos a Ericeira, cidade conhecida pelos praticantes de surf, estando Ericeira entre os melhores spots. Sintra, uma das vilas portuguesas com mais história, e por onde já passaram inúmeras figuras conhecidas, tem alguns pontos turísticos lindíssimos, e que não se pode deixar de visitar, nomeadamente, o Castelo dos Mouros, o Palácio Nacional da Pena, o Palácio Nacional de Sintra,o Palácio da Regaleira, o Palácio de Seteais, o Palácio de Monserrate, o Convento dos Capuchos e o Palácio Real de Queluz.

 

Lisboa, capital do País e também a sua maior cidade, é considerada um dos grandes centros culturais europeus. Com bairros populares, que saem á rua nas Santos Populares, que enfeitam os seus bairros e as suas casas, e com muita sardinha e sangria, fazem festa até ser dia. As opções são várias e conseguem agradar todos os gostos, desde fado em qualquer restaurante do Bairro Alto, a opera no Teatro de S. Carlos, rock no Coliseu dos Recreios, musicais no Politeama, tourada no Campo Pequeno, ou simplesmente passar a noite numa discoteca ou bar, que se pode encontrar na AV.ª 24 de Julho, nas Docas e no Parque das Nações.


Os monumentos são quase que intermináveis, desde o Castelo de São Jorge, o Bairro de Alfama, a Sé de Lisboa, o Convento do Carmo, o Arco da Rua Augusta, a Praça do Comercio, o elevador de Santa Justa, a Avenida da Liberdade, no coração de Lisboa, depois na zona dos descobrimentos, em Belém, os Mosteiro dos Jerónimos, a Torre de Belém, o Centro Cultural de Belém.  Na outra ponta de Lisboa, a zona da Expo 98, com restaurantes e bares, jardins, o Oceanário ( museu de biologia marinha, segundo maior do mundo), o Pavilhão Atlântico (sala polivalente para acolher espectáculos, congressos e acontecimentos desportivos de grande envergadura. A sua lotação vai até às 20.000 pessoas, recorde atingido com o concerto da Shakira,quando 20 mil pessoas assistiram ao seu concerto da Oral Fixation Tour, a 4 de Abril de 2007).


Lisboa tem também Museus que todos os dias são visitados por milhares de pessoas, entre eles encontramos o Museu Nacional de Arte Antiga, o Museu Calouste Gulbenkian, o Museu do Chiado, o Museu da Água, o Museu Nacional dos Coches (o mais visitado do país), o Museu Militar, Museu Nacional do Azulejo, Museu da Electricidade, Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva, Museu Nacional do Teatro e o Museu Nacional do Traje.

 

Saindo de Lisboa, em direcção ao Sul, encontramos um menor número de monumentos a visitar, na maior parte encontram-se castelos, um em quase todas as terras alentejanas, no entanto, aqui encontramos a paz e o sossego que tantas vezes procuramos. Vilas brancas, inundadas pelo sol, á beirinha do mar, ou simplesmente no meio de grandes planícies. Terras como Vila Nova de MIl Fontes, Portocovo, Arrifana, Sines, onde as praias, o bom peixe, e a hospitalidade das suas gentes nos fazem voltar vezes sem conta.     

 

Finalmente chegamos ao Algarve, onde encontramos belíssimas praias e paisagens naturais, sendo a mais turística das províncias de Portugal.  Com imensos complexos turísticos, para todas as bolsas, destacam-se Vilamoura, Albufeira e Portimão ( Praia da Rocha ), talvez as cidades portuguesas onde encontramos mais turístas, seja de inverno ou verão.  A vida nocturna é sem duvida um chamariz para os mais novos, mas os imensos restaurantes e complexos turísticos de qualidade são atractivos para os mais velhos que realmente procuram o descanso.  

 

O arquipélago dos Açores situa-se no Oceano Atlântico e é constituído por nove ilhas principais divididas em três grupos distintos, Grupo Ocidental: Corvo e Flores; Grupo Central: Faial, Graciosa, Pico, São Jorge, Terceira; Grupo Oriental: Santa Maria, São Miguel. A beleza natural de cada uma destas ilhas é inexplicável, e por ser um tema tão vasto, desenvolverei noutra altura.

 

O Arquipélago da Madeira situa-se também no Oceano Atlântico e é constituído pela Ilha da Madeira, Porto Santo, Ilhas Desertas, Ilhas Selvagens, no entanto as únicas ilhas habitadas são a Ilha da Madeira e Porto Santo. Porto Santo é uma ilha dedicada basicamente ao turismo, devido ás suas imensas praias de areia branca, coisa que na Ilha da Madeira não encontramos. No entanto a Ilha da Madeira, pode parecer pequena em tamanho, mas em pontos turísticos é enorme, desde monumentos, praças e ruas históricas na capital Funchal a jardins encantadores, vilas pitorescas, paisagens incríveis, grutas vulcânicas impressionantes, orlas costeiras dramáticas, praias naturais e vistas magníficas.

Encontramos Museus (incluindo o Museu do Vinho da Madeira), Igrejas e Jardins. Mais recente foi feito o Madeira Story Centre, que é um museu Interactivo que apresenta uma completa panorâmica de 14 milhões de anos de História da Madeira, dos Vulcões aos Hidroaviões, do Infante D. Henrique a Napoleão e Churchill.

 

Em jardins temos o  Jardim Tropical Monte Palace, Parque de

Santa Catarina, Jardim Municipal, Jardim Botânico entre outros. Encontramos a Fajã dos Padres que nos dias de hoje é uma pequena estância turística.

A área do Lido, é desde sempre uma área muito procurada pelos turistas, aqui encontramos praias, piscinas de água natural, restaurantes, passeios para fazer caminhadas, perante uma vista soberba sobre o mar e sobre o Cabo Girão. Existem povoações em toda a volta da ilha com características fantásticas e todas elas com algo para oferecer aos turistas, desde Porto Moniz, Calheta, Ponta do Sol, Ribeira Brava, Machico, Curral das Freiras, Camacha, Pico do Arieiro, Ribeiro Frio, Santana, Câmara de Lobos, Cabo Girão, Encumeada.

Temos dança, excursões, as famosas espetadas, teleféricos, saídas para

ver golfinhos e baleias, a famosa descida dos cestos, bem, tanto, mas tanto para ver.

 

 

Acho que já deu para perceber, que é impossível não querer visitar Portugal, e ainda mais que pode encontrar preços fantásticos para estadias no site Cheaperthanhotels, e é só escolher o local, para ver as estadias por Portugal inteiro pode consultar Portugal Hotels, se pretende apenas Lisboa, Lisbon Hotels, no Algarve, Algarve Hotels  e na Madeira, Madeira Hotels .

 

Aproveite, não há como resistir a tanto local para ver, a tanto museu, igreja, parques, jardins, castelos para se aventurar, venha e desfrute do melhor que nós temos.

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Blogs Portugal

TripAdvisor-logo-3.jpg

234x60.pngBuy blog reviews

Em destaque no SAPO Blogs
pub